segunda-feira, fevereiro 28, 2005

Centenário na Luz

"Em dia de clássico no Dragão, o Estádio da Luz vai receber um espectáculo de música para comemorar o encerramento do ano do centenário do clube. O futebol também vai marcar presença, com a transmissão do encontro com o FC Porto nos ecrãs gigantes do recinto. A festa, que acontece precisamente no dia em que o emblema comemora o seu 101.º aniversário, encerrará com um espectáculo de fogo de artifício. "

Só espero que ninguém repare que o autor dos golos tenha sido o César Brito...

Fora de jogo: Começou o julgamento de Roy Keane

Bola on-line:
"O médio do Manchester United, Roy Keane, compareceu esta segunda-feira ante a Justiça inglesa para encarar as acusações de dano criminal e agressão a um jovem de 16 anos.
AP Keane, «internacional» irlandês de 33 anos, negou as acusações de que é alvo num julgamento que se espera se prolongue por dois dias no Tribunal de Trafford. O «capitão» dos red devils alegou que o incidente se registou quando passeava o seu cão perto da sua residência, a 4 de Setembro último."


Não sei se a culpa é do jornalista, se do capitão do ManUtd, mas que a história não faz grande sentido, não faz...
Então o que é que tem o passear o cão com o ter, ou não ter "sovado", o "petiz"??
De qualquer forma, se a coisa pegar, já estou a ver uma nova forma de defesa nos sumaríssimos. A saber:
"O arguido - vulgo "cotevelinhos" - estava a pensar em passear o seu cão perto da sua residência, pelo que não teve, nem podia ter, qualquer intenção de partir a cana do nariz ao seu adversário."
Ou então:
"Perto do arguido - vulgo "Paulinho Santos" - encontrava-se um agente da PSP acompanhado de um cão-polícia - vulgo "binómio" - pelo que, sendo o cão um pastor alemão, o arguido não teve, nem podia ter, qualquer intenção de partir sete dentes da frente ao seu adversário."
Ou melhor ainda:
"O arguido, extremoso pai de família, sempre desejou ter um cão que pudesse passear perto da sua residência, conjuntamente com os seus futuros filhos, pelo que não teve, nem podia ter, qualquer intenção de cegar o seu adversário, bem como de lhe causar lesões cerebrais irreparáveis."

Fora de Jogo: Notícia do dia

Notícia do dia no Mais Futebol:
"Andriy Shevchenko foi preso. Ou melhor, um Andriy Shevchenko, que também vive em Itália, como o avançado do AC Milan, foi detido pelas autoridades italianas. O nome é o mesmo, a nacionalidade também, mas este Shevchenko não vive do futebol e dos golos, mas sim de uma vida em que o crime faz parte da sua rotina.
No sábado a polícia deteve um homem por roubar uma moto. Vistos os documentos veio o espanto, já que o indivíduo tinha exactamente o mesmo nome que o companheiro de Rui Costa. Coincidências..."


PS: Felizmente ainda se faz bom jornalismo em Portugal...

Simply the best

"A imprensa deste país precisa de ouvir algumas coisas. Andaram a falar de Primeiro e de Terceiro Mundo, referindo-se a Inglaterra e a Portugal, respectivamente. Será que tenho de provar alguma coisa? Quando cheguei só havia um treinador campeão europeu [Alex Ferguson]? Precisam mesmo de ouvir umas coisas ainda que, com isso, crie inimigos e venha a sofrer consequências no futuro." E, por tudo isto, na conferência de Imprensa, Mourinho disse as tais coisas que eles têm de ouvir: "Sinto que não querem ver o Chelsea ganhar, que não querem ver os portugueses ganhar. Dizem que somos do Terceiro Mundo, mas foi preciso vir até Inglaterra esse Terceiro Mundo para ganhar algo que não ganhavam há tantos anos."

Que bem que o Mourinho faz ao ego dos Portugueses!!
Deviam existir mais "tugas" como ele: arrogante, convencido, indomável, insubmisso e, ainda para mais, bem sucedido naquilo que faz, o que lhe dá os indispensáveis argumentos e motivos para ser como é.
Pode parecer exagerado, mas vejo-o como uma recordação daquela que foi a época mais gloriosa da história de Portugal - os Descobrimentos - e do orgulho que era ser Português.
O Mourinho é um herói nacional e deve ser reconhecido como tal. Não porque tenha treinado o Clube A, B ou C, mas por ser Português e por ser o melhor do mundo...
Atrevo-me a dizer que, se ele estivesse disponível para perder cerca de 128 mil contos por mês (fora prémios e proventos extraordinários), estávamos perante o primeiro-ministro ideal para o Governo de Portugal (já agora, e dado que não seria mesmo para trabalhar, o Scolari podia ser o PR...).
O problema é que o preenchimento destes cargo não depende, em quase nada, do mérito individual do escolhido/eleito...

Granda Dragão!!

Dizem-me que, afinal, o LFV nunca esteve preocupado com a "falta" de bilhetes para o clássico de hoje no Dragão.
Em último caso, "puxava" do seu cartão de sócio do FCP...

Porto-Benfica desta noite

Para os mais ansiosos relativamente ao jogo desta noite, deixo aqui um relato dos lances mais importantes:

1' - Simão entra em campo com novo visual
16’ - Fyssas erra o passe e entrega a bola a McCarthy
23’ - Jorge Costa pisa a cabeça de Simão. Simão vê o cartão amarelo por jogo perigoso
31’ - José Veiga é expulso do banco por dar indicações a Quaresma fora da área reservada aos treinadores
43' - Couceiro relê uma passagem do livro de José Mourinho e planeia o que fazer para a 2ª parte
44’ - Fyssas erra o passe e entrega a bola a McCarthy
45’ - Trapattoni não gostou do rendimento da equipa na 1ª parte e resolve arriscar tudo. Sai Geovanni, entra Bruno Aguiar
54’ - Aparece no rodapé “Benfica não remata há 54 minutos”
56’ - Fyssas erra o passe e entrega a bola a McCarthy
60’ - Trapattoni olha para o Banco e não encontra avançados
62’ - Petit remata e Baía defende junto às malhas de fundo da sua baliza. Os especialistas dizem não se conseguir aferir se a bola realmente entrou.
75’ - Trapattoni volta a olhar para o banco e volta a não encontrar avançados
79’ - Fyssas erra o passe e entrega a bola a McCarthy
80’ - Troca de McCarthy por Fabiano. Cumprimentam-se com uma cotovelada
90’ - Auxiliar levanta a placa. Vamos ter mais 5 minutos
97’ - Fabiano parte de fora de jogo, ajeita a bola com o braço, cospe em Ricardo Rocha e chuta à barra levando-a a bater 10 cm "para cá" da linha de golo. António Costa assinala golo e aproveita para dar por terminada a partida

Enfim... já não há surpresas nos jogos grandes.

Festa rija esta noite

Estou com a voz embargada, a mão trémula e o nervoso miudinho de menina no banco de trás, porque logo à noite o futebol de 1ª, o grande jogo da jornada e o relançar das esperanças se vão espraiar para nosso contentamento. Vamos ficar mais uma vez suspensos nos números de circo que só aqueles artistas nos podem oferecer, nas conferências de imprensa, nos cartões por mostrar, nas bolas duvidosas e nas dúvidas dos treinadores, nos jogadores que entram e nos que saiem, nos insultos que vamos proferir... vai ser rija a festa logo em Alvalade. Desculpem a letra tremida, mas é noite de derby Lisboeta...

Estive uns dias a recuperar de uma pubalgia forte... mas voltei ao convívio dos grandes, pelo que não pude contribuir para o rescaldo da última semana Europeia - mas os meus colegas paineleiros fizeram juz às suas capacidades obratórias e a minha ausência foi pouco notada. Pouco mais conseguia adiantar ao que foi escrito... não vale a pena bater nos ceguinhos...

Amor à camisola

"José Veiga vai assistir ao clássico no banco de suplentes, junto de Giovanni Trapattoni. O responsável pelo futebol profissional do Benfica, ciente da importância do encontro de hoje, resolveu demonstrar fisicamente o seu apoio num ambiente que se antevê muito adverso para o emblema da águia.Não é a primeira vez que José Veiga acompanha a equipa no banco de suplentes. Esta época, em Krasnodar, o responsável ficou ao lado da equipa técnica durante o desafio com o CSKA de Moscovo. No entanto, em Portugal, esta situação ainda não se verificou.Com a presença no relvado do Estádio do Dragão, o antigo empresário pretende passar uma mensagem de incentivo aos jogadores. As más relações que mantém com o presidente do FC Porto, Jorge Nuno Pinto da Costa, não vão certamente deixar de torná-lo num alvo preferencial da ira dos adeptos azuis e brancos. Esta opção de José Veiga é um sinal claro aos atletas de que devem entrar em campo sem quaisquer receios."

Isto sim, é amor ao clube. A ver se algum adepto do Benfica tem a coragem de se ir sentar no banco do FC Porto...

Peseiro borrado

Esta noite contra o Estoril, José Peseiro vai ser obrigado a utilizar a melhor dupla de centrais que existe no seu plantel. Foi preciso chegar à 23ª jornada para que por lesão, Polga que não é o mesmo jogador da época passada, e Beto que tem uma reserva de avião desde à 7 anos para Madrid (deve ser para jogar no Madrid C), deixassem de ser os companheiros de Enakarhire no centro da defesa. Hugo é sem duvida o segundo melhor central do Sporting, mas o mister não acredita nisso e hoje deve entrar em campo com uma Tena Lady por achar que terá uma defesa muito desfalcada. Peseiro, vai por mim não precisas de ter medo.

O 10 mandamentos/ resultados práticos

Luís Filipe Vieira enumerou ontem, queles que devem ser os 10 mandamentos do Benfica em ano de centenário. Deixo aqui os resultados práticos esperados com algumas das medidas anunciadas.
1 - O futebol deve ser assumido como o eixo central da actividade e as modalidades como actividades complementares.
E eu que julgava que sempre foi assim durante estes 100 anos. De qualquer forma a secção de bilhar já anunciou um boicote às próximas eleiçõe do clube.
2 - O Benfica deve definir um conceito de jogo estável, independente de equipas técnicas e assimilado pelos jogadores desde as camadas mais jovens.
Ou seja quando uma eliminatória está perdida por 3-0 todos os treinadores do clube só poderão arriscar substituindo um médio ofensivo para colocar um jogador que joga 5 metros à frente e claro, dizer que a equipa jogou muito, muito, muito bem.
3 - A forte aposta na formação como vector principal para alimentação do plantel sénior e como garante da qualidade individual e colectiva.
É desta que Rui Costa regressa.
4 - Centro de estágio de elevada qualidade.
LFV desloca-se, na próximana semana, ao Seixal para o relançamento da 1ª pedra do Centro de Estágios.
6 - Estratégia continuada de observação de valores externos.
A partir de amanhã haverá um olheiro a tempo inteiro no complexo desportivo de Alverca.
7 - Aquisição de jogadores com inquestionável qualidade e potencial e identificados com os valores e mística do Benfica.
Daí a vinda do Delibasic
8 - Gestão desportiva profissionalizada.
José Veiga sai do Benfica.
9 - Existência de equipas técnicas de inegável valor, identificadas com os princípios desportivos do Benfica.
Trapattoni sai do Benfica.
10 - Estádio cheio com o apoio em massa e permanente dos sócios e simpatizantes do Benfica.
Primeiro será necessário chegar ao meio milhão de sócios prometidos por Vieira.

Volta Calado que tens um aliado

Apesar da sua exibição acima da média contra o Inter, Baía parece-nos o elemento portista(plantel onde reina a folia brasileira) mais tristonho.Vítor Baía sempre foi um habitual solicitado não só em reportagens de jornais desportivos, como em programas televisivos da matéria. Mas... desde á uns tempos para cá desapareceu. Obvio que estamos todos a par da sua recente complicação conjugal, mas algo nos diz que a dispensa do plantel azul e branco de César Peixoto ( tambem conhecido como Schumacher de Gaia ) teve um forte impacto na disposição diária do guardião nortenho. Esperemos que não seja nada de grave, pois apesar de não ser adepto do estilo de Baía, reconheço as suas qualidades como ser humano. Vítor:
Tem calma, que já começam a existir quase tantos marinheiros como marés, ainda para mais agora, com o novo primeiro ministro.
Isto hoje em dia está a virar moda!!!Perdoem-me mas eu não vou aderir...

domingo, fevereiro 27, 2005

Morais, o Mourinho do rugby

Embora este seja um Blog onde se dá primazia aos assuntos relacionados com o futebol, não posso deixar de felicitar a nossa selecção de Rugby pelo brilhante desempenho que está a realizar, no torneio das 6 nações B. Desde que é comandada pelo brilhante treinador Tomaz Morais, a quem muitos chamam o Mourinho do Rugby a nossa selecção tem conquistado grandes êxitos. Para estes dois jovens treinadores, a força das suas equipas assenta num equilíbrio entre o físico e a mente, onde só a palavra vitoria existe. No sábado assistimos a mais uma vitória da nossa selecção sobre a Republica Checa o que nos permitiu subir ao 16º lugar do ranking mundial, o melhor de sempre do nosso país. Depois de termos conseguido o primeiro lugar do torneio no ano passado, esperemos que consigam novo triunfo este ano e o respectivo apuramento para o campeonato do mundo. Força Portugal

Boavista, uma equipa modelo

Quem teve oportunidade de assistir ao jogo do Boavista contra a U. de Leiria, não pode deixar de assistir a mais uma batalha campal onde apenas foram mostrados 8 cartões amarelos. Mas até aqui tudo bem, estas são situações que teremos de assistir sempre que o Boavista joga. Mas o melhor estava para vir……..
As declarações do treinador do Boavista no final do encontro deixou-me a reflectir se teria sido o mesmo a estar presente na conferência de imprensa ou um qualquer sósia que nunca terá visto o Boavista a jogar futebol. Na sua conferência de imprensa podemos assistir a declarações inacreditáveis como:
“ Quantas vezes entrou a maca em campo e depois os jogadores saíram pelo próprio pé”
“A U. Leiria fez anti jogo do princípio ao fim” ” Não se compreende que, à 23.ª jornada, uma equipa com bons jogadores venha jogar só para não perder”
“Se calhar é por jogarem assim que estão no lugar que estão e nunca ganharam nada. Assim, nunca irão passar de uma equipa simpática” “ O futebol fica a perder com isso”
Aconselho o senhor Casseteiro Pacheco a rever os jogos da sua equipa durante a semana para evitar declarações deste género.

sexta-feira, fevereiro 25, 2005

Qual Fernando Rocha

"O presidente do FC Porto reagiu esta tarde às recentes declarações do seu homólogo do Benfica a propósito do Sumaríssimo aplicado a Simão, castigo inadequado, na opinião de LF Vieira. «Se Simão for penalizado pelo que se passou com o V. Guimarães então outros teriam de ser irradiados», disse ontem o presidente do Benfica.«Se calhar estava-se a referir ao Petit mas eu não quero comentar jogadores de outros clubes...», afirmou à Antena 1. (...) Voltando ao caso de Simão diz Pinto da Costa que é evidente a falta que motiva o castigo por parte da Comissão Disciplinar da Liga de Clubes e avança também com a sua posição em relação a Alex: «Dentro do critério que está a ser seguido pela Comissão Disciplinar da Liga, a falta existe. O Simão saltou com outros jogadores e atirou com o braço para trás. Agora quando o jogador do Vitória de Guimarães vem dizer que não se passou nada, devia então ser punido porque as imagens da Televisão mostram que depois de ter sido atingido ele fica no chão a contorcer-se com dores».Pinto da Costa não se «esqueceu» de Trapattoni que antes do jogo do Dragão disse à imprensa italiana que o Porto é uma equipa acessível. «Naturalmente que sim, também julgava que a equipa russa era acessível e afinal não foi assim tanto»". in www.abola.pt

Se este senhor se junta ao António Sala e resolvem escrever um livro de anedotas, isso sim, vai ser uma barrigada de riso

Camachete assumido

Podem dizer alguns ao ler o meu último post, este só vê o Camacho. É verdade, assumo. Como se diz na política sou um Camachista ou um Camachete, como preferirem.
Na minha opinião foi e é um grande treinador, o ideal para o Benfica. Diz o que pensa, não tenta arranjar desculpas para os maus resultados, e acima de tudo impõe regras, claras. Quem quer quer quem não quer quisesse. E se alguma coisa corre mal não tem nenhum problema em assumir, e abdica de chorudas indemnizações, com as quais muitos treinadores fazem a vida.
E é por tudo isso que algumas pessoas, caso de José Veiga, não o queriam no Benfica - o Real Madrid caiu que nem gingas -.
Camacho era incómodo porque com ele, por exemplo ninguém, para além da equipa técnica, entrava no balneário. Os habituais penetras do mediatismo ficavam à porta. Hoje, e basta ler as notícias, é vulgar ver o senhor José Veiga discursar para equipa, em pleno relvado durante 15 minutos. É por motivos como este que eu gosto tanto do Camacho. E tenho a sincera esperança, que na próxima época esteja de volta ao Benfica até porque, parece cada vez mais visível que José Veiga não ficará.
Tenho a certeza que Camacho vai ser recebido de braços abertos.

Mete o Isaías!!!

Pois bem...Ontem lá fui eu ao Estádio da Luz, ainda com alguma esperança na possível passagem do Benfica á próxima eliminatória da Taça UEFA. Ora bolas afinal ganhar por 2-0, ainda para mais a uma equipa que está em pré-época, não seria assim uma missão tão impossível. Puro engano, ao contrário do que disse Trapattoni, e na minha opinião, a equipa não mostrou a mínima vontade de passar a eliminatória.
E como nestas coisas não há milagres, mesmo quando os árbitros ajudam…
Não quero com isto culpar os jogadores. A culpa tem nome e é italiano.
De facto, o senhor Trapattoni não consegue incutir o mínimo de vontade e raça à equipa, como fazia antigamente Camacho. O jogo contra o Inter na época passada, ao contrário do que diz Trapattoni, foi bem visível este facto.
Os jogadores corriam, acreditavam que era possível. Mas isso era com Camacho. Hoje em dia, infelizmente, temos um treinador que a substituição mais arriscada que faz, quando uma eliminatória está perdia por 3-0, é tirar um médio criativo, neste caso Nuno Assis, e colocar Karadas – e olhem que o senhor tem um desgosto quando faz isto –. De resto limita-se a trocar um avançado por outro avançado e um médio por outro médio. Assim não há milagres.
Mas o que mais me entristece é o facto de estar a ver que o Benfica de Tapattoni está a recuar a tempo já longínquos onde eu esperava, como adepto do clube, não voltar.
Tempos onde os adeptos e sócios já iam para o estádio já resignados, e o mais provável seria a equipa não ganhar. Tempos em que quando as coisas corriam mal não restava alternativa senão brincar com a situação.
E neste aspecto voltei ontem a ouvir uma frase que há muito não se ouvia na Luz. “Mete o Isaías”. Isto assusta-me

Sem (desnecessários) comentários

"FC Porto põe CD "num beco sem saída"
A única reacção oficial do FC Porto ao anúncio do CJ foi a que surgiu na página de internet do clube. "A justiça prevaleceu no meio do desatino. O Conselho de Justiça da FPF considerou procedente o recurso apresentado pela FC Porto - Futebol, SAD e deixou a Comissão Disciplinar da Liga num beco sem saída, atolada no descrédito e despida de argumentos legais para convencer o futebol de que julga com rigor e isenção", lê-se, prosseguindo no mesmo tom: "Como será de agora em diante? Quem poderá assegurar que as decisões que vierem a ser tomadas no âmbito da Liga Portuguesa de Futebol Profissional não são injustas e mal intencionadas?". Citando depois o acórdão do CJ, que alega "contra-senso", a página do FC Porto vai mais longe: "Um contra-senso, um absurdo, uma tirania". A finalizar, a única reacção dos portistas diz ser "reconfortante" perceber que "há juízes que sabem desenvolver com exactidão a difícil tarefa que lhes é entregue". Os outros, remata o texto, "estão a afundar-se na incompetência"."

Alguns excertos do Acórdão:
Um dos direitos fundamentais de qualquer cidadão nacional é justamente o de poder defender-se de qualquer acusação ou indiciação que lhe seja imputada. De facto, vigora entre nós o princípio da proibição da reformatio in jejus com respeito pelo princípio do acusatório, que obsta a que ao arguido quando se defende seja aplicada pena ou sanção disciplinar que o prejudique (art. 409º do C.P.P.)”
(...)
“Depois disto, e na sequência de um processo em que a entidade detentora do poder disciplinar nenhuma outra diligência de prova pode requerer, limitando-se a ser produzida a prova indicada pelo arguido para sua defesa, surgiria necessariamente como um contra-senso ver este arguido ser-lhe agravada a pena concreta, apenas porque se defendeu. Esta situação, a ser admitida, violaria todos os princípios do estado de direito em que vivemos, tornando-se verdadeiramente iníqua para os disciplinarmente perseguidos.”
Texto integral do Acórdão disponível em:
http://www.ojogo.pt/21-4/artigo449475.htm

Ah pois é

"A canonização de Baía
A exibição do guarda-redes portista contra o Inter foi realçada em toda a Europa e particularmente elogiada em Itália, onde parte do empate lhe foi creditado. A outra metade da responsabilidade foi endereçada pelos italianos para Toldo, considerado culpado no golo de Ricardo Costa"


Não resisto a quebrar o black-out.
Pelo menos lá fora sempre dão valor ao que temos...

Bom fim de semana

Mais um fim de semana, mais uma uma jornada da empolgante Superliga (vão-me desculpar, mas recuso-me a dizer marcas, sob pena de, qualquer dia, estar a chamar ao campeonato nacional Liga Rexona, Liga Tampax ou Liga Pneus Vieira, os que dão uma moca à maneira...).
É tempo, portanto, de dar a palavra aos verdadeiros artistas e de substituir o futebol falado pelo futebol jogado, razão pela qual entro em "black-out" até à próxima segunda-feira.
Aproveito para deixar um apelo a certos e determinados blogistas, para reflectirem sobre a sua postura neste blog e para pensarem no que querem dar ao mesmo. Se apenas pretenderem defender cegamente o seu clube e atacar os dos outros a torto e a direito, não trazendo à discussão qualquer elemento objectivo ou racional, sugiro que vão blogar para a loja ou para a sede do respectivo emblema, poupando o nosso tempo e o de quem - vá-se lá saber porquê - nos lê.
Até segunda.

Diga lá outra vez

"Futebol Internacional
Roger no Brasil: «Não sou estrela!»"

Desculpe!!
Quem é que ele quererá enganar??
A ex-mulher do Senna ou os adeptos do clube que acabou de largar dinheiro por ele.
"Brazucas" como o Roger, o Diego e outros já são estrelas mesmo antes de serem jogadores de futebol...
Não lhes peçam para "deixarem a pele em campo".
Está-lhes no sangue...

Venha de lá mais um clássico

Rapaziada, vem aí mais um clássico, o maior do futebol português.
Estou em pulgas, não tanto pelo jogo em si, porque esse terá poucos motivos de interesse, mas sim por tudo aquilo que o rodeia.
Será que vamos ter o prazer de voltar a ver mulheres bonitas na bancada, a ostentar sugestivos cartazes, ladeadas de grandes ícones do futebol nacional, como o Guarda Abel e o Segurança Corno?
Será que vamos ter dirigentes decadentes e outros que não deveriam ter sequer chegado a dirigentes em animada troca de piropos?
Será que vamos voltar a ter três espectadores por cadeira?
Será que o Nuno Gomes vai outra vez ser importunado em mais uma campanha publicitária?
Será que o Trapattoni vai voltar a esquecer-se de tomar os comprimidos e dizer outra vez que a equipa jogou muito, muito, mas mesmo muito bem?
Estou mortinho para que chegue a hora do jogo…

Quantos queres?

"F.C. Porto
Bilhetes para o «clássico» à venda desde esta manhã
O F.C. Porto colocou na manhã desta sexta-feira à venda os bilhetes de público para o jogo com o Benfica, partida da 23.ª jornada da SuperLiga que se efectua no Estádio do Dragão na próxima segunda-feira."

Duas perguntas para LFV:
  1. Quantos bilhetes queres??
  2. Em que zona do Estádio??

Ou seja, "cá se fazem cá se pagam", o que só demonstra que, antes de se praticarem determinados actos, vale a pena pensar bem nas suas consequências. Como de costume, quem se "lixou foi o mexilhão", ou seja os adeptos do FCP e do SLB que queriam assistir ao jogo no Estádio...

Toma, toma!!

E prontos...

Concluída que está mais uma jornada europeia, julgo que importa fazer um pequeno balanço da prestação das "nossas" equipas:
Assim, pela ordem de "aparição":
  1. FCP: Superou-se, como sempre faz nos momentos mais decisivos, mas não disfarçou o seu mau momento, nem criou novas expectativas. Com o Maniche em campo transfigura-se, mas continuam a existir fenómenos por explicar (só o Fabiano dava um "tratado"...), tais como a inexistência de "extremos" no plantel (e não pensem que me esqueci do "Potter de Alcochete" e do "cão-palhaço Cláudio"...). Não tem a eliminatória perdida, mas vai ser muito complicado. Não queria nada estar na "pele" do Couceiro...;
  2. SCP: Uma agradável surpresa!! Dominou por completo a eliminatória (excepto após a expulsão da 1.ª mão) e deu um "banho" de futebol aos holandeses. Parece-me que, se conseguir controlar a sua irregularidade exibicional, estabilizar o seu fraco sector defensivo (não é que o Hugo rende mais que o Beto e o Polga juntos?!) e ter a indispensável "estrelinha", poderá mesmo sonhar com a presença na final da UEFA. O Peseiro, que é, de facto, uma "fraca figura" e já chegou a "não valer um tostão" (Juve Leo dixit), até "está a levar a água ao seu moinho"...
  3. SLB: A confirmação das piores suspeitas. Depois de ter sido inapelavelmente afastado da Liga dos Campeões por aquela que veio a ser a pior equipa dessa prova, caiu, sem apelo nem agravo, aos pés de uma equipa que, não sendo má, não deixa de ser acessível. Ou seja, confirmou que não tem equipa (quantos golos marcou e quantos jogos de nível fez o Simão na campanha europeia??), nem treinador, para estas "lides". Uma excepção: Manuel Fernandes. Com um bom treinador e numa equipa que ganhe coisas poderá vir a ser uma das maiores estrelas do futebol europeu. Só precisa de "encher" e de crescer psicológicamente. O Mourinho até se "lambia"...

Pensamento do dia

"Mais triste do que ter uma equipa banal é andar a mostrá-la por essa Europa fora..."

Mais um produto de Alcochete

"João Moutinho (4). A entrada deste jovem no onze foi a primeira grande surpresa da noite. A segunda foi a forma como ele se exibiu, à graúdo, sem tremer, apesar das dificuldades que se esperavam. Jogando à frente da defesa, no lugar que habitualmente é ocupado por Custódio, foi um magnífico recuperador de bolas, quando até agora se lhe conhecia melhor a capacidade para inventar jogo ofensivo. Numa hora de aperto, pode dizer-se que Peseiro acabou por ganhar uma óptima solução para um problema que lhe deu grandes dores de cabeça ao longo de toda a época."

A minha dúvida é se ele fica melhor de encarnado se de azul e branco. Bom... é esperar mais dois ou três aninhos e logo se descobre.

Apelo aos benfiquistas

Nos próximos encontros seria original que os benfiquistas substituissem os habituais assobios a Trapattoni por um cântico que, estou certo, que 99.9% dos adeptos têm vontade de entoar.
Volta Camacho, José António Camacho, volta Camacho, José António Camacho...

PS: O 0.1% que continua a defender Trapattoni, é o senhor José Veiga. Esqueçam, é verdade, esse toda a gente sabe que é portista

Fyssas Vs Dos Santos

Hoje fizeram-me uma pergunta à qual tive de reflectir bastante para responder. Quem é que eu considerava melhor, O Fyssas ou o dos Santos. Que coisa tão complicada…….porque é que não me perguntaram se eu preferia o Ricardo ao Baia. O Fyssas é burro, o outro é preto, de descendência portuguesa e fala francês. Os dois têm um pé direito que não serve nem para subir ao autocarro. O primeiro só defende e mal, o outro corre que nem um desalmado mas para nada. O centro para a área é aquilo que eles permitem sempre que os adversários façam, mas que nunca são capazes de fazer em condições. O Fyssas enganou a Europa e foi campeão. A Europa nem conhece o Santos.
Resumindo eu preferia mesmo era não contar com nenhum deles.

O que se Passou na Luz

Eram sete e cinquenta quando entrei mais uma vez, no magnífico estádio da luz. Mas era a primeira vez que assistia a um jogo num camarote. Ao entrar deparei-me com uma mesa redonda cheia de coisas deliciosas. Presunto, queijos, leite-creme etc.… ao lado numa outra mesa um belíssimo vinho tinto e quando já achava que iria ter um bom petisco reparo que nas minhas costas existiam duas belíssimas travessas, que continham um bacalhau assado no forno e uma outra com uma vitela acompanhada com umas cenourinhas e uma massa muito boa. Para mim o jogo começara neste momento, ele era bacalhau, vitela, presunto, queijo, frutas e muito vinho tinha apenas meia hora para o intervalo e comi tudo quanto pude. O apito para o intervalo suou às 20:30 e iria durar 45minutos. Eu nem queria acreditar que me tinham tirado aquele manjar. E enquanto sonhava com croquetes, e pasteis, era obrigado a ver os anúncios de péssima qualidade que iam passando. Com o fim do intervalo a chegar já sonhava nos próximos 15 minutos e no que é que conseguiria ingerir neste período de tempo. Ao apito para recomeço do “meu” jogo, salto da cadeira direito à mesa onde tudo se passava, onde me deparo com os meus outros companheiros a devorarem tudo quanto existia. Nem consegui chegar a 2 metros de distância da mesa. Esta segunda parte iria terminar apenas com um copo de vinho. Estava a ser derrotado. O apito para o segundo intervalo suou e não consegui pensar em mais nada do que naquilo que não consegui comer, teria de esperar mais 45minutos sem saber se haveria uma terceira parte. Estava em desvantagem e precisava que o arbitro me desse a hipótese de uma terceira parte para tentar igualar o marcador.
Estes 45 minutos pareceram uma eternidade, embora tivessem sido mais divertidos, pois os anúncios eram tirados de um qualquer filme cómico. O fim do intervalo chegou e nem queria acreditar, tive direito a uma terceira parte. Sozinho na sala comi até à última migalha. Foi um jogo sem vencedores, (Bacalhau 1 – Vitela 1) mas muito interessante.

quinta-feira, fevereiro 24, 2005

Comissão disciplinar luta pelas audiências

Confrontado com a hipotética penalização do jogador benfiquista Simão e com a redução da pena do portista Benny McCarthy, cheguei a uma conclusão lógica e irrefutável. O Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol e a Comissão Disciplinar da Liga de Clubes andam-se a esforçar para proteger os árbitros (desviando as atenções sobre a si), e a tentar aumentar a emoção da Superliga, assim como as suas audiências. Outra hipótese é que estes senhores andam a brincar com todos os "amantes do desporto rei", o que duvido. Ou talvez não...
Penaliza, despenaliza, reduz e aumenta as penas. Digam lá que em vésperas de "clássico" isto não foi aumentar a adrenalina?!? E ainda mal se falou do árbitro António Costa!
Assim, parabéns a estes organismos e a todos os seus elementos pelos seus esforços. Apesar de ninguém vos ter dado valor, estes actos não passam despercebidos ao Blog O BANDEIRINHA!

A regular irregularidade leonina

Foi com imenso agrado que vi o meu clube fazer mais uma exibição muito bem conseguida diante os holandeses do Feyenord, mas serviu também para suscitar uma enorme dúvida em relação ao Sporting. Neste momento, e na opinião de alguns ditos "analistas" do futebol nacional, o emblema verde e branco é dos clubes que apresenta o melhor futebol em Portugal.
Porém, não consigo entender o porquê das exibições irregulares que o conjunto de Alvalade, por vezes, tem apresentado. Ou seja, tanto faz excelentes jogos, em que troca bem a bola e faz triangulações extremamente interessantes (onde se destaca o diamante constituído por Carlos Martins, Hugo Viana, Custódio e Rochemback - na minha opinião dos melhores futebolistas, se não mesmo o melhor a jogar na Superliga), como subitamente e sem razão aparente, faz jogos de baixo nível técnico.
Assim, e após estar a começar a habituar-me a este "sistema utilizado" pelo SCP só me resta lamentar esta "regular irregularidade" da forma de o leão jogar, e esperar que algo mude num futuro próximo. Talvez este jogo na "banheira de Roterdão" tenha sido o virar da página neste assunto. Duvido, mas talvez...

Ah Grande Benfica

Palavras para quê? É o maior clube português...

Queria só deixar umas menções honrosas:
- Fyssas, pela classe a defender e pela qualidade de passe
- Nuno Gomes, pela mobilidade demonstrada
- Miguel, pela imensa voltade de jogar à bola que mostrou hoje

Não desanimem... para o ano há mais taça UEFA. Sim, UEFA, porque já não enganam ninguém com essa história de Champions League...

Parabéns, Sporting

Não tive oportunidade de acompanhar os 90 minutos do jogo, mas não queria deixar de felicitar a "lagartagem blogueira" residente.
Queria só acrescentar que o resultado agregado da eliminatória peca por escasso, em especial pelo grande jogo feito na primeira mão.
Parabéns e felicidades contra o Middlesbrough.

Jura??

"Pacheco ficaria satisfeito com o empate no Dragão
Jaime Pacheco gostaria de assistir a um empate no «clássico» da próxima jornada, mas antes disso afirma que o mais importante é vencer o jogo ante a União de Leiria, resultado que lhe dava a liderança no campeonato, ainda que a título provisório."

Pois se ele joga sempre para o empate...
Aposto que, ainda para mais, preferia o empate a zero e um jogo com muitas expulsões...
Que se lixe o público e o espectáculo, que não é para isso que lhe pagam!!
Já em Espanha lhe vieram com essas modernices e foi o que foi...

Um grande jogador de "outro" futebol, mas um treinador deplorável...
E mesmo assim, como isto anda, ainda há-de vir a treinar um "grande"...
Só espero que não seja o "meu"!!

Sim, Senhor Juíz

"McCarthy apto a defrontar o Benfica
Benni McCarthy, «internacional» sul-africano do FC Porto, vai poder defrontar esta segunda-feira à noite o Benfica em partida integrada na 23.ª jornada da SuperLiga.

ASF O Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol, reunida esta quinta-feira à tarde, decidiu dar provimento ao recurso apresentado atempadamente pelo FC Porto.Uma notícia agradável para José Couceiro que assim pode dispor do seu principal ponta-de-lança para o grande «clássico» do futebol português."


E ainda bem - mesmo - que dois dos melhores jogadores do campeonato nacional vão poder jogar o "clássico" de segunda-feira. O público - seja in loco, seja in sofá, merece-o e quem sai beneficiado é o espectáculo.
No entanto, gostava de saber que penalização é que irá ser aplicada aos "Juízes" que tão competente e imparcialmente julgaram o caso em primeira instância??
Bastará dizer - de forma politicamente correcta ou à Bloco de Esquerda - que os "Juízes" são, por definição, independentes, irresponsáveis e inamomíveis??
E quando, além disso, forem incompetentes e parciais??
Quem é que os julga??
Quem é que os castiga??
E, last but not least, será que quem os nomeou não conhecia a sua enorme competência jurídica e as suas qualidades inatas para o desempenho do cargo??
Ou será que tal nomeação obedeceu a objectivos bem claros e bem pensados??

...E ainda bem

Depois da polémica em redor dos processos sumaríssimos, McCarthy e Simão Sabrosa poderão dar o seu contributo no clássico da próxima segunda-feira. Quem fica a ganhar é o futebol português.

A bola, o público, o espectáculo e a TV...

Ia fazer apenas um comentário no Post do meu amigo Douradinho... mas já me estava a alargar e passei-o para aqui... senão vejamos:

Falando de bilheteiras, espectadores e espectáculos, o problema é que nós gostamos mais de falar do que fazer... como decerto podem confirmar por este concorridíssimo Blog.

Às vezes sabe melhor ficar em casa do que ir à bola... na TV vê-se melhor (pois até os Sumaríssimos passam a ver a sério... os árbitros deviam passar a ver os jogos em casa com um apito ligado ao som do estádio... aí sim não havia mais dúvidas nem erros... adiante...), às vezes chove (sim, no nosso país às vezes chove), às vezes (tipo metade da época) está frio, o nosso clube vai de mal a pior na classificação e já não vale a pena ir ao estádio (convenhamos que tb acontece...) - e tudo isto leva a que o pessoal fique em casa ou vá em rebanho beber uns copos quando o jogo é mesmo importante...

Mesmo assim, acho que o futebol em Portugal até é bom e emocionante... quase nem adormeço no sofá este ano. A Superliga está competitiva (já não estávamos habituados), há vitórias, empates e derrotas inesperadas, agressões bárbaras e bárbaras arbitragens (mas só do árbitro principal, claro), entrevistas polémicas, castigos sumários e penaltis por marcar... e grandes golos... e muitos golos... que mais emoção queriam... vão à bola e sentirão também o pêlo em riste...

Se calhar há muitos jogos na TV... mas esses são os que gostamos de ver... e agora tenho que ir, que ainda apanho trânsito e tenho que ir ver o Sporting... bem hajam.

E mais nada!!

"Futebol Internacional
AC Milan-Manchester United rende cerca de 2 milhões e meio de euros
Já não há bilhetes para o jogo AC Milan-Manchester United referente à segunda «mão» dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Foram vendidos até esta quinta-feira 78.957 ingressos que proporcionaramm uma verba de 2.441.344 euros. "


O futebol a sério é mesmo uma grande indústria!!
Qual será, comparativamente, o n.º de bilhetes vendidos e as receitas de estádios novos como os de Coimbra, Leiria e Aveiro?? Já para não falar do "desertódromo" de Faro-Loulé...
E dos três grandes, que nem sequer têm estado muito mal??
O Chelsea tem o estádio todo vendido para este ano e, ao que consta, uma lista de espera bem maior do que a de muitos hospitais portugueses...

Sem dúvida, o pior do nosso futebol:
- O público (ou a falta dele...); e,
- O espectáculo (ou a falta dele...).

Fruta ó Chocolate

"Futebol Internacional
«Novela» Kleberson sem fim à vista
Não parece ter fim a «novela» da transferência de Kleberson do Manchester United para o Corinthians. Andrés Sanches, vice-presidente do clube brasileiro disse, hoje, que o jogador terá de aceitar reduzir o seu salário, senão... «está descartado».

AP «Desde a semana passada que está tudo certo com o Manchester United. O procurador do Kleberson fez uma proposta e nós apresentámos uma contraproposta. Se ele aceitar baixar o salário, está tudo certo, senão ele está descartado», afirmou Andrés Sanches."


Lá vai mais um "gelado" que esteve para vir aquecer a plateia do grandioso Estádio da Luz.
Na volta, clube e jogador queriam dinheiro "vivo"...
Onde é que já se viu semelhante desaforo??

Fora de Jogo: Who cares...

O jornal "O Jogo" escreve:

"Diogo Oliveira não consegue perder peso
O avançado tarda em alcançar a sua forma física ideal e continua a apresentar mais cinco quilos face ao seu peso de referência, pelo que não é certa a sua utilização no jogo com o Nacional. Atento à evolução deste caso, Manuel Machado só decidirá amanhã se incluirá o brasileiro na convocatória"

Mais complicada que a tarefa do Manuel Machado é a do Chefe de Redacção d'O Jogo em arranjar material para encher as páginas do seu jornal. Talvez se não fosse diário...

O Maior dos Pernas-de-Pau

Ontem à noite telefonei ao SuperMaxi, pois somos grandes amigos de infância... quando eu era puto, brincava muito com o Fizz, o Laranja, o Epá e o Corneto, na rua, na praia, no cinema... isso é que era uma pandilha!

Estava a contar, que em conversa chegada, me confessou que o LFV lhe tinha tentado agarrar o pau para o chupar todinho. Como todos sabemos, macho que é macho, não gosta que lhe façam tal coisa, quando não queremos, claro... Posto isto, pingou um pouco e gritou «Qué passa hombre, si quieres mi pau, tienes que pagar y mucho, coño...». O Sr. dos Pneus não percebeu corno da conversa, mas sabia (pois ele fala fluentemente cigano) o que o cremoso queria: «Receber dinheiro para jogar no Benfica?... ele que nem pense».

Enquanto SuperMaxi tiritava nervoso, expliquei-lhe que assim tinha sido melhor... pois tinha mais uma oportunidade na vida... logo ele que tinha visto a Luz no fim do túnel a aproximar-se quentinha... pronta a derreter-lhe qualquer aspiração de carreira na arca dos gelados... e logo aos vinte aninhos.

Descansa Super, que ainda vais adoçar a boca de muitos chupadores... boa sorte, e não te deixas lamber por chupistas aproveitadores outra vez...

Que inveja

Pois é, estou cheio de inveja do Sporting para a eliminatória de hoje.
A equipa leonina tem a sua tarefa extremamente facilitada para o jogo desta noite já que conseguiu livrar-se dos dois maiores cancros que a têm afectado esta época, o Polga e o Peseiro. Se o primeiro teve o bom senso de se lesionar, já o segundo é claramente um favorecimento por parte da UEFA, que os responsáveis do Feyenoord deveriam reclamar junto das altas instâncias do futebol europeu.
Já eu... vou ter de levar com a velha raposa, again and again, com a sua postura "se é para ganhar, que seja só por um", enfim, Porca Miseria...

Boa Sorte

"Benfica e Sporting em hora de decisão
Os velhos «rivais» de Lisboa têm esta noite exigentes e definitivos testes europeus. O Sporting, que entra a ganhar 2-1, joga em Roterdão, a partir das 19.45 horas, enquanto o Benfica, derrotado na primeira «mão» por 2-0, recebe o CSKA na Luz às 20.30."

Para que não seja - injustamente - acusado de facciosimo, queria desejar toda a sorte do mundo aos clubes de Lisboa para os embates de logo à noite. Hoje sou do SLB e SCP!!
Espero que ambos consigam provar que o FCP não é o único clube nacional com dimensão internacional...

Maxi Lopez

Alguém viu a exibição de Maxi Lopez frente ao Chelsea?
Não é que Luís Filipe Vieira esteve mesmo para comprar um bom jogador.
É verdade esqueci-me que o presidente do Benfica, afinal e apesar das confirmações do presidente do River, nunca quis o jogador por este ter nome de gelado - palavras de Vieira -. Gostava de saber se Laporta, presidente do Barcelona, ouviu estas declarações e qual a reacção. E não conhece ele o Peixe, o Ronald, entre outros.

O melhor Guarda Redes português de sempre

"Baía impressionante
Vítor Baía atingiu ontem a centésima presença num jogo das competições europeias. Capitão dos dragões na ausência de Jorge Costa (pela primeira vez nesta época o central falhou uma partida da Liga dos Campeões), o guarda-redes pôde acrescentar mais esta marca ao seu já impressionante currículo. À escala planetária, Baía é o futebolista com mais títulos conquistados, precisamente 27, entre os quais se destacam as vitórias na Liga dos Campeões, Taça UEFA, Taça Intercontinental e Taça das Taças (conquistada ao serviço do Barcelona). A utilização, ontem à noite, frente ao Inter de Milão permitiu a Vítor Baía somar a centésima partida em todas as competições europeias, uma marca invejável e que também diz muito sobre a carreira do guardião."

Respondendo ao apelo - que me enche de orgulho - do Benfiquista desolado, estou de volta (sendo certo que a ausência apenas se ficou a dever a uma lesão nas costas...).

É pena que este "recorte" da bola, mais centrado no currículo de Vitor Baía do que nas suas capacidades, não refira a brilhante exibição (mais uma...) do mesmo frente ao Inter de Milão, e que, por si só, garantiu um resultado que, não sendo brilhante, permite que o FCP continue a sonhar com a continuação na Liga dos Campões (mais uma vez desacompanhado de qualquer outro clube nacional...).
Sendo este blog dedicado ao melhor e ao pior do nosso futebol, penso que todos - independentemente da sua "confissão" - concordam que o Vitor Baía é/foi, sem dúvida, o melhor guarda-redes português de todos os tempos (ou, pelo menos, desde que existe televisão a cores...) e que, por isso mesmo, merece o reconhecimento e a homenagem de todos os portugueses (com excepção da Xana Baía...).
Além de ser o futebolista em actividade com mais títulos (que outro português se pode gabar de ser o mais bem sucedido a nível mundial naquilo que faz??), o sub-capitão do FCP tem vindo a manter um nível exibicional impressionante (não, obviamente, sem alguns erros ou frangos pontuais), o que, como adepto do FCP, me faz desejar que possa continuar a jogar por mais alguns e bons anos.
Curiosamente, a Selecção Nacional não contribuiu, em nada, para a construção do palmarés do futebolista em actividade com mais títulos. É certo que o título de Campeão do Mundo em Riade foi "trocado" pelo 1.º título de campeão nacional ao serviço do FCP, mas, mesmo assim, nada do que o Baía conquistou se deve à Selecção Nacional (a mesma que, nunca tendo conquistado qualquer título nas categorias seniores, abdica do futebolista mundial com maiores sucessos a nível individual...).
Ora, mesmo sem qualquer vantagem pessoal (antes pelo contrário), e ao contrário de outros futebolistas nacionais consagrados (maxime, Luís Figo) o Baía manteve-se e mantém-se sempre disponível para representar uma Selecção e um País que, não só nunca lhe deram nada, como o menosprezaram e rejeitaram, o que revela qualidades pessoais e um sentido de patriotismo bem acima da média.
Não quero com isto reabrir a polémica relativa às qualidades do Ricardo, do Quim, do Moreira e de todos os outros guarda-redes nacionais que lutam para, um dia, serem metade daquilo que o Baía hoje é, nem relativamente à sua (não) chamada à Selecção pelo Selecionador Nacional Estrangeiro mais amado pelos Portugueses (a ser comigo, já teria, há muito, abdicado da selecção...), mas, tão só, demonstrar que - quer se goste, quer não se goste da pessoa/atleta - o que Baía fez/é merece o reconhecimento de todos.
Aliás, um país de "tanga", na cauda da europa e de tendências politícas assustadoramente comunistas/esquerdistas, bem precisa de exultar os seus heroís e aquilo que tem de bom...

Neste sentido, e para que, como todos os Portugueses de sucesso, não seja reconhecido apenas após a sua "morte", só me resta dizer:
Obrigado Baía!!

Volta Dourador de apitos

É com alguma pena minha, com certeza partilhada pelos restantes convocados de O Bandeirinha, que constato que o Dourador de Apitos não tem exposto neste espaço, tanto quanto desejável, as suas ideias sobre o nosso futebol.
Deixo, por isso, um apelo para que volte rápidamente ao nosso convívio.

PS: Nós sabemos que ele é adepto do FC Porto, niguém pode ser perfeito e nós perdoamos, e que nos últimos meses as prestações da equipa não tem ajudado à habtiual arrogãncia azul e branca, própria de quem está habituado a vencer.
Mesmo assim VOLTA DOURADOR DE APITOS

Não se assustem com o título

Morreu SuperLiga Galp Energia
Diz a notícia que a SuperLiga passará a chamar-se, para o ano, SuperLiga Millenium BCP (nome fácil este de dizer)deixando cair a Galp Energia. Tudo porque Paulo Teixeira Pinto, substituto de Jardim Gonçalves é um ferranho adepto do futebol e do FC Porto.

Alguém se lembra?

Não quero aqui lançar qualquer menosprezo ao "nosso" José Mourinho, ilustre embaixador do futebol pensante luso, mas alguém se lembra de um grave acidente de viação que o cujo dito teve em Barcelona e que o deixou às portas da morte?

Lembro-me vagamente de ter assistido a esta notícia nos idos longínquos da sua passagem assistente pelo Barça. Tenho discutido o assunto com outros ilustres bafejados pela iluminação futebolística, mas invariavelmente ouço "Não me acredito!" ou "Quem dera...". Dirijo a vossa atenção para a testa do ilustre, com marcas da espátula do artista que o reconstituiu e tentem buscar no recôndito da vossa lembrança, atrás do móveis velhos e das teias de aranha: Lembram-se?

Se não se lembram, procurem nos jornais velhos da avó; se se lembram, então vejamos... O que terão feito na marquesa ao José Mourinho que o elevou ao estrelato? Que órgãos novos introduziram? Que partes tiraram? Por que razão foi ele meter-se com a mulher do outro?(ops... esta era de outro blog, perdão)...

Com isto em mente (na minha), tentei fazer o mesmo... aluguei um Mercedes igual ao dele e lancei-me na A5 para Cascais a 238 km/h, no sentido de Lisboa... resisti exactamente 32,6 seg, pois o pessoal desviou-se muito. Destruí uma carrinha da Moviflor que vinha invariavelmente na faixa da esquerda... fiquei todo partidinho. Deram-me alta há 2 horas do Hosp. São Francisco Xavier... e agora estou iluminado e vou concerteza seguir para o estrelato...

quarta-feira, fevereiro 23, 2005

Luís Campos, Rei Artur e Dominguez

Este é, sem dúvida, o maior mistério do futebol Português. Este treinador que apresenta um discurso fluído, tipo Mourinho, foi capaz de um feito inédito, pôs 2 equipas na segunda liga no ano de 2002. V. de Setúbal e o Varzim (que até aí fazia um belo campeonato) foram os felizes contemplados. Mais ainda, conta com 7 despedimentos em 5 anos, e a sua melhor prestação foi no ano anterior, um 12º lugar. Este ano já foi despedido do Gil Vicente, mas logo arranjou trabalho no Beira-Mar.
O Rei Artur é outro caso de estudo!!! Depois do sucesso encontrado no FCP e até no P.S.G , onde nunca foi bem aceite, embora tivesse sucesso, nunca mais foi o mesmo. Treinou e desfez, em pouco mais de 3 meses, o SLB, foi operado a um tumor na cabeça e nunca mais acertou uma. Já treinou pelo mundo todo, sempre sem sucesso, mas a encher-se de massa. Como é que foi treinar a equipa dos Camarões??????
O Dominguez é um jogador tipo circo, é capaz de coisas maravilhosas, mas que na prática não servem para nada, mesmo assim conseguiu sobreviver com os seu malabarismos em campeonatos bons como o Inglês e o Alemão. Mas foi preciso chegar ao fim da carreira para encontrar o campeonato certo, para o Brinca na Areia. Dominguez foi contratado pelo Vasco da Gama depois de se encher de massa no Qatar.
Agora digam-me meus senhores, qual é a lógica do Futebol?

Para Reflectir

Ao fim de 24 horas de existência do nosso blog noto alguma dificuldade de certa e determinada pessoa em perceber o espírito da coisa. Aqui é o local para encarar-mos as coisas tal como elas são e falarmos de tudo e de todos sem qualquer tabu.
Não pude deixar de reparar que quase todos os que expuseram as suas ideias, fizeram-no sobre variados temas; os seus clubes os outros, o futebol internacional etc….
Apenas essa certa e determinada pessoa, escreveu sempre sobre o mesmo tema, sobre um Clube Encarnado de Lisboa. Apenas encontro dois motivos para tal: é tão ferrenho deste clube, que nem sonha o que se passa no resto do mundo em termos desportivos, ou tem um sentimento de inferioridade tão grande que nem consegue dormir descansado.
Pessoal, vamos a diversificar e a ter ideias novas.

Adeus Roger

É com muita pena minha que vejo confirmada a notícia do regresso de Roger ao Brasil. Roger é sem dúvida um grande jogador nunca aproveitado no meu SLB. Podem-me dizer o que quiserem, Roger é um dos maiores talentos que já passou em Portugal. E sempre que jogou pelo Benfica demonstrou essa qualidade com grandes jogadas e grandes golos, como na época passada à Académica, Moreirense, Setúbal etc... Dizem os mais cépticos em relação ao Roger, "mas ele não defende". Pergunto eu se no Barça é habitual ver o Ronaldinho a recuperar bolas? Ou o Rui Costa no Milan? Roger não tinha que defender ponto final.
Quanto ás verdadeiras razões de Roger nunca ter jogado no Benfica para sim são claras e dizem respeito ao empresário ou director do futebol do Benfica, não sei bem, o senhor José Veiga. É óbvio que ao longo deste tempo houve uma clara descriminação em relação aos jogadores que não eram representados por Veiga. Lembro o caso de Caneira - hoje titular no Valência -. Por ser representado por Paulo Barbosa foi corrido do Benfica quando o seu suplente, o italiano Pesaresi, ganhava o dobro do ordenado. Mas existem mais casos como estes, será preciso recordar-me das dezenas de atletas vindo do Alverca, ou alguém acredita que o brasileiro Andersson foi uma exigência de Camacho?
Até agora ainda não tinha explicado o motivo pelo qual optei por benfiquista desolado. Este é o primeiro motivo, entre vários. Mas esses ficam para mais tarde.
Por agora resta-me desejar boa sorte a Roger.

Hoje não sei o que fazer...

Estive a ver a programação da TV e deparei-me com dois programas de elevada qualidade.
A SporTV oferece um fantástico Barcelona-Chelsea, já o Canal 1, na continuação das festividades carnavalescas, proporciona-nos um desfile da nova escola de samba do Douro, liderada pelo rei do Carnaval, de seu nome José Coucinho..., não, José Moureiro... esqueçam, sempre que leio as conferências de imprensa do senhor, confundo-o com o outro gajo que está em Inglaterra.
Se o primeiro programa vai ser, com toda a certeza, um grande jogo de bola, o segundo dá-nos a garantia de que vai haver folia, festa rija e muita alegria, a ver pelos últimos desfiles desta afamada escola no seu reduto. Espero é que eles não se cansem muito... porque na próxima segunda-feira, o Carnaval sai à rua outra vez.

Amizade azul e branca

Contam-me que Vítor Baía anda cada vez mais triste e que nem nos treinos consegue disfarçar esse facto.
Motivo: a dispensa do grande amigo, César Peixoto, para o Vitória Guimarães

Fora de Jogo: Estamos contigo, Fernando

"O médio Fernando Alexandre foi operado a um testículo e vai parar por 15 dias. A lesão foi contraída no jogo com o Real."

Queria pedir a todos os presentes uma mensagem de apoio a uma das jovens esperanças do nosso futebol.

O Descanso do Guerreiro Simão

Finalmente, grande Simão vai descansar uns dias. Ontem à noite o pequeno Simão telefonou-me lá para casa... eu estava descansado a ler "A Bola" no trono, e a foi a patroa que atendeu o pequeno...

«... ah e tal, agora sim e coiso, finalmente posso descansar uns diazitos - já tou farto de levar aquela cambada às costas. Um gajo joga mal 3 fins de semana seguidos para ver se fica no banco, e nada... Tenta ver amarelos, e nada... Entra de carrinho, pé em riste, mete-se na molhada, e nada... isto assim não dá. O Benfica não me paga para jogar tanto. Foi preciso combinar com o Alexito... (sim, como nós o tratamos, e vamos tratar para o ano) - eu saltava, ele encolhia-se, gritava muito, atirava-se para chão e já tava... Caraíbas com o menino. Mas não... !!! O árbitro não viu nada...!!! Nada de vermelho, tive que continuar a correr até ao fim...

Só na 2ª à noite é que telefonei a um primo de um amigo que andava com uma ex-namorada minha (boazona) que faz uma horitas na televisão, a pedir-lhe para gravar as provas (imagens e replay) numa cassete e enviasse para os Srs. Sumaríssimos (que devem ser os que dão muito sumo...). E então... BINGO !!!! Caraíbas com o costado... que agora sim e coiso e tal...

Se me estragam o esquema com o recurso e me fazem jogar os jogos todos... tenho que processar alguém... porque a viagem já está paga.. e no Benfica não pagam assim tanto...»

E a patroa «click», dizendo simplesmente: «Era para ti, mas foi engano...».

Pois foi, pois foi...

Catalão perde o PIU

"Um jornalista catalão questionou Mourinho sobre a ascensão meteórica que teve, recordando que a primeira vez que estivera em Barcelona era como ajudante de Bobby Robson. Perguntou-lhe se nessa altura imaginava chegar tão longe. «Imaginava muitas coisas», respondeu Mourinho. «Mas já passaram nove anos e mudei muito. Já você não mudou nada. Fico muito contente por saber que a minha vida tenha melhorado tanto. É uma pena que você não tenha mudado». "

És o maior!!!!!!!!!!!!

Fora de Jogo: Argel, és Grande

"O defesa central Argel, que recentemente trocou o Benfica pelo Racing de Santander, continua a dar mostras do seu carácter temperamental. O jogador parece não gostar de ficar sentado no «banco», nem tão pouco de ser chamado à atenção nos treinos."

No fim de contas, não há muito a acrescentar...

Ainda a qualidade de Simão

Ainda na sequência de um post de ontem, da autoria de um simpático adepto do Sporting, segundo o qual os grandes valores das escolas do clube só o são quando jogam precisamente no Sporting, lembrei-me de um artigo que li no Jornal Record e que passo a transcrever:

CONFRONTADO COM MERCADO INFINDÁVEL
Simão a peso de ouro
Vinculado por mais cinco anos, o melhor marcador dos encarnados está a ser alvo do assédio de vários empresários, que lhe acenam com um sem-número de alternativas de transferências, nomeadamente para Inglaterra (Chelsea e Manchester United) e Itália (Juventus e Inter).

PS: Lembro-me também das declarações de José Mourinho, considerado unanimemente como o melhor treinador da actualidade, dizendo qualquer coisa como isto: Simão é um dos poucos jogadores, ainda em Portugal, que pode jogar em qualquer equipa do Mundo.

A bárbara agressão de Simão

Os meu piores receios confirmaram-se: Simão foi mesmo alvo de um processo sumaríssimo e condenado a dois jogos de suspensão. Tal como disse ontem esta decisão é simplesmente ridícula. Simão salta na tentativa de ganhar uma bola e não lesionar o adversário – versão confirmada, de resto, pelo próprio jogador barbaramente agredido, segundo os repsonsáveis da Liga –.
Meus amigos não me dou ao trabalho de ir ao dicionário procurar a palavra agressão, até porque sobre isso penso que estaremos todos de acordo.Agressão foi o murro que Rafael deu a João Pereira ou McCharty a um jogador da Académica.
Mas enfim esta era uma decisão esperada principalmente depois de ouvir José Guilherme Aguiar, na SIC Notícias, onde como habitualmente não encontrou grande oposição de Fernando Seara.

terça-feira, fevereiro 22, 2005

Passarão Vs Periquito

Como é possível querer comparar o guarda-redes português de maior currículo com um banal guarda-redes que no ar só vê passar borboletas.
O Vítor teve a sua estreia no longínquo ano de 1988, no empate a uma bola com o Vitória de Guimarães. Desde então a sua carreira é feita de sucessos, e conta no seu currículo com: 8 Campeonatos de Portugal, 4 Taças de Portugal, 7 Super Taças de Portugal, 1 Campeonato de Espanha, 2 taças de Espanha, 1 Super Taça de Espanha, 1 Taça das Taças, 1 Taça UEFA, 1Liga dos Campeões, 1 Super Taça Europeia e 1 Taça Intercontinental. 28 Títulos em 16 anos de carreira.
Quanto ao periquito Ricardo teve a sua estreia na primeira divisão no ano de 1997, com um empate frete à formação de Os Belenenses. Conta no seu currículo com 2 Campeonatos de Portugal e com 2 taças de Portugal e uma Super Taça.
Neste momento muitos estão a afirmar que o Baia é um produto de Marketing, o que considero ridículo, pois nenhum produto de marketing sobrevivia tantos anos se não fosse um grande guarda-redes. Já o Ricardo nem com a ajuda do melhor Marketear seria capaz de o fazer um guarda-redes do nível do Vítor. Podem dizer que o Ricardo é muito bom entre os postes, mas isso são todos, porque se não fossem não chegavam a guarda-redes. O resto é que os diferencia e ai o Baia é óptimo e o Ricardo banal.
Filipão, abre os olhos……………..

Pinto Rei depenado

O sr Jorge Nuno está com dificuldades em reconhecer que os seu dias estão a chegar ao fim. Depois do penta os tiros nos pés foram sucessivos, e só acertou no Mourinho. O engenheiro foi o único treinador que conseguiu perder um campeonato com o Jardel ( sem coca) na equipa. Depois vem o Sr. Antonio Malvado que tem muito jeito para pomares e bombeiros, mas de bola....... é por essa altura que assistimos aos novos canticos dos Super Dragões - " A SAD é uma merda, uma merda, a SAD é uma merda." " SAD para a rua!!!!". Finalmente é já em Janeiro que o Pinto Rei acerta no alvo, contrata Mourinho que toma as redias do futebol e o final é brilhante como todos nós sabemos.
Com a saida deste os tiros nos pés estão de volta. Primeiro um treinador de curriculo invejável, Luigi Del Neri. Pelo meio a contrução de uma escola de samba, mas como as vedetas não gostavam de dançar alinhados o maestro foi a andar. Depois o espanhol Fernandez que conseguiu a proesa de perder mais pontos em casa que fora. Como ainda tinham saido poucos jogadores importantes, assistimos à saida de mais uns tantos campeoes da europa e do mundo. Agora o nome do salvador é José Couceiro, que conta no seu cunrriculo com uma impressionante descida de divisão ao serviço do Alverca. Parece que tb era colega de carteira do Mourinho.
Pintinho já nem o Apito é azulado, poem te a andar!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

O Jumento Véron

"INTER – AVERSÁRIO DO FC PORTO NA LIGA DOS CAMPEÕES
Verón fala de um adversário duro, mas não consegue destacar jogadores do FC Porto
Não conheço nenhum.
APPIANO GENTILE - É uma das principais figuras do Inter e está em grande forma. A exibição em Udine e o míssil que furou as redes do adversário serve de aviso para o FC Porto, equipa que considera "acessível". O argentino vai mais longe e, questionado por A BOLA sobre quais os portistas mais perigosos, respondeu que não conhecia ninguém nos dragões..."

O argentino Véron foi, em tempos, um dos melhores jogadores do mundo...
Esta época foi dispensado - sem que se percebesse muito bem porquê... - pelo "nosso" (desde que abandonou o FCP) José Mourinho.
Ora, parece que já se sabe a razão de tal dispensa: o homem não vê televisão há dois anos, não lê jornais desportivos há igual período e, ainda para mais, adormece nas palestras dos seus treinadores (isto a menos que se admita que o Mancini - que já levou 4 secos do FCP e ficou a ver a final da taça UEFA pela televisão - não tenha mostrado aos seus jogadores quem vão defrontrar na competição internacional mais importante de clubes...).
Em suma, a inteligência deste burro não excede a de um jumento, o que só prova que o Mourinho é, de facto, "special"...

Sporting e as crianças

Desde há muito, ou melhor, desde sempre que o Sporting tem as melhores escolas de futebol do país, de onde saiem alguns dos melhores jogadores da actualidade. Isto é um facto insofismável. E como tem vindo a ser hábito nos últimos anos, no início de cada época é lançado no plantel principal do clube leonino uma ou duas esperanças, que posteriormente serão vendidas por vários milhões de euros, para desta forma tentar equilibrar a balança financeira (com resultados negativos crónicos), da tesouraria leonina. Porém, e no futuro, espera-se que os novos "diamantes" do clube de Alvalade, ao serem vendidos, sejam acompanhados por cláusulas de preferência para que se esses mesmos jogadores voltarem ulteriormente a Portugal, não venham a representar rivais do Sporting, tal como sucedeu nos casos do Simão e Quaresma. Situação que me incomoda profundamente.
Desta forma, como sportinguista assumido, desejo que jovens esperanças como Fábio Paim, Rui Lopes ou Yannick Djaló, já estejam "protegidos" contra estas situações, assim como Carlos Martins e Custódio, já "certezas" do futebol nacional.

Fora de jogo: Jardel rescinde e volta para o Brasil

Um mês depois de chegar a Espanha, Mário Jardel rescindiu contrato com o Alavés. Tudo porque os responsáveis do clube não quiseram adiantar grande parte do dinheiro do contrato assinado.

Fora de Jogo: larápios assaltam Centro de Treinos

O Centro de Treinos da Académica, chamado de Briosa XXI, foi assaltado esta noite. Resultado do assalto: quinze pares de chuteiras e um treino adiado meia hora atrasado porque vários jogadores não tinham botas para treinar.

O impensável aconteceu ontem na Luz

Não, não estou a falar da vitória do Benfica.
Falo sim do incrível facto do Simão e do Nuno Assis não terem visto o quinto amarelo. (Não me esqueci do Karadas mas esse, sinceramente, era um favor que nos fazia).
Esperava, sinceramente, um tratamento mais atencioso desta situação por parte dos dirigentes do Norte mas, das duas uma, ou andam a perder qualidades, mais um sinal da sua decadência, ou então estão com uma margem de manobra bastante reduzida devido a certas e determinadas investigações que por aí andam.
Ou então o apito não é assim tão azulado como eu pensava e tenho andado enganado estes anos todos...

PS: Peço aos leitores que ignorem a minha última frase... nem acredito que tal pensamento me tenha passado pelo espírito.

O professor de Guimarães e os sumaríssimos

Mais uma das habituais e cómicas declarações do treinador do Vitória de Guimarães. Pois bem, disse Manuel Machado a seguir ao jogo Benfica -Guimarães que foi prejudicado, de tal forma que foi condicionado nas suas opções tendo que fazer substituições, obrigatórias, por causa dos cartões. A ser verdade pergunto se o senhor professor não deveria demitir-se – desta vez a sério – pois foi por causa do árbitro e não dele que a equipa conseguiu reagir a um resultado de 2-0 e jogar bom futebol.
Mas o meu espanto não se fica pelas declarações de Manuel Machado. Ouvi também dizer que o Simão e o Petit deveriam ser alvo de processos sumaríssimos, talvez de algumas mentes mais preocupadas com o jogo da próxima segunda-feira. Dizer que o Simão e Petit agrediram os adversários é simplesmente ridículo. São dois lances normais em futebol sem qualquer intenção de lesionar o adversário. É ridículo comparar estes lances com o murro de McCarthy, as cotoveladas claras de Luís Fabiano e Pedro Emanuel para não falar da anormalidade de Rafael a João Pereira. Por falar nesse senhor, que já passou pelo FC Porto, lembro que esta não é a primeira vez que o Rafael faz uma agressão indescritível e cobarde como esta. Basta lembrar um lance com o Rui Jorge.

Vamos lá, minha gente

Antes de começarem a surgir os primeiros insultos ao nosso fundador por causa desta história do Sabry, queria-vos pedir que fosse feito um esforço para que este projecto fosse levado a sério por todos os prestigiadíssimos comentadores convocados, sempre com elevação e dignidade no discurso, sem ofensas aos próprios ou familiares e, sobretudo, com total imparcialidade nas opiniões emitidas. Situações como “aquilo no Restelo não foi penalty” estão, desta forma, excluídas deste blog.

Vamos fazer disto uma coisa séria e a sério…

Contamos convosco.

Bem-vindos

Penso ser importante prestar alguns esclarecimentos prévios aos futuros convocados de O Bandeirinha. Primeiro que tudo é importante referir que o nome escolhido para este blog não é mais do que uma homenagem a essa classe tão nobre – os bandeirinhas – tantas vezes mal tratados e incompreendidos pelo nosso futebol. Homens que desgastam os braços 90 minutos sem qualquer recompensa, nem sequer gratidão pelo esforço desenvolvido em prol do desporto nacional.
Poderiam os mal intencionados pensar, "lá estão eles a meter-se com o FC Porto". Não, o Bandeirinha foi, sem dúvida, um grande atleta que marcou uma época no futebol português tal como o enormíssimo lateral direito, de seu nome, Secretário. Os dois mereciam, também, uma homenagem. Fica para a próxima…
O Bandeirinha pretende ser um espaço para trocar ideias sobre o melhor, o pior, o pior e o pior do futebol português. Pretende também, e sei muitas pessoas vão ficar contentes com o facto, registar e guardar para o futuro algumas das opiniões de um querido futuro convocado benfiquista. Para que quando as coisas correm mal não possa dizer: “eu nunca gostei do Vale e Azevedo” ou “o Sabry nunca me enganou”.
Mas deste assuntos trataremos no futuro… Por agora bem-vindos a O Bandeirinha .