segunda-feira, novembro 28, 2005

a culpa é do Bush! e do outro...


Em Portugal, toda a gente tem direito a uma opinião. Qualquer peixeira do Bulhão fala da crise na Osétia do Norte e qualquer taxista de Lisboa fala sobre o aquecimento global...
E assim me sinto quando, neste espaço de discussão, falamos de futebol...
Depois de nos últimos tempos ter estado mais dentro dos meandros da bola portuguesa, começo a saber de mais para me continuar a interessar pelos resultados de cada domingo.
Gostava de ter comig um daqueles sticks dos Men in Black e eaquecer tudo o que ouvi e vi nos últimos tempos (incluindo, claro está, as exibições do meu Glorioso).
Muito se fala das lesões deste e daquele... da indisciplina de outros, dos erros de arbitragem, etc...
Mas, acreditem, tudo o que escrevemos e dizemos, pensando estar a denunciar casos gravíssimos, são brincadeiras de criança para a gente que vive do futebol.
Jogadores lesionados que jogam antes de tempo já há desde o Eusébio.

Jogadores que são operados sem estar lesionados. Jogadores que ficam lesionados depois de operados. Jogadores que não estão lesionados e pedem para estar, para não jogarem. Isto sim, é novidade.

E, no meio disto tudo, temos dirigentes que se estão a borrifar para o resultado da sua equipa, pensando apenas que o novo mandato é só daí a alguns anos...

Meus amigos, só posso dizer: somos uns otários!

P.S: se não vim mais cedo foi por motivos profissionais... não foi azia. Prometo!