terça-feira, novembro 29, 2005

Morte ao espião

Meus amigos lisboetas, uni-vos! Está um espião nortenho nas nossas fileiras e que tem prejudicado em muito os dois emblemas da segunda circular.
Quatro épocas atrás, quando este espião mascarado de enfermeiro saiu do FCP e rumou para o SCP, assinando um contrato milionário, o universo verde e branco rejubilou de alegria por se ter contratado uma valiosa unidade aos inimigos. Contudo, no "bunker" nortenho, mais conhecido por Torre das Antas, esfregavam-se as mãos de contentamento: O plano estava traçado e estava a correr conforme o planeado.
Na primeira temporada que o espião esteve ao serviço dos leões, estes venceram o campeonato e não se verificaram muitas lesões, com excepção do avançado Niculae, que começara a despertar a atenção de alguns grandes clubes europeus. E nunca mais recuperou. Tinha começado o trabalho do espião.
Na época seguinte, o espião voltou a entrar em acção, mas de forma mais profunda. Ou seja,depois de ter ganho o seu espaço e confiança no seio do departamento clínico leonino, trabalhou qual "cavalo de tróia". O famoso tridente constituído por João Pinto, Jardel e Niculae, separou-se irremediavelmente. Senão vejamos: Niculae, sempre que o espião dizia que estava apto para jogar, voltava a lesionar-se e Jardel subitamente "desapareceu" para o seu país natal. E quem foi o seu maior amigo e confidente que até chegou a passar férias no brasil em casa do "cabeção"? Exactamente, o espião...
Desconfiados de algumas situações difíceis de provar, a SAD verde e branca decidiu começar a afastar o espião que, após ter rebentado a equipa sportinguista fazendo-a entrar numa crise que ainda vive, seguiu o estipulado no plano delineado pelo "Marechal" nortenho, cujo nome de código é "Papa", e assinou pelo Benfica (mais uma vez por um ordenado milionário - 10 mil euros -, para começar logo a destabilizar as finanças e a dividir opiniões sobre a sua contratação). E o que aconteceu na primeira época? A partir do meio da temporada não houveram lesões e as águias venceram o campeonato. Isto é, o espião, mais uma vez, ganhou a confiança e o controlo do departamento clínico de um clube rival da "nação nortenha".
Continuando a verdadeira história do conhecido espião, eis que chegamos à actual época. Actualmente metade da equipa benfiquista encontra-se lesionada e tem um dos piores registos dos últimos anos. E sobre as lesões quem é que é culpabilizado? Os médicos! Mas no fundo quem é que tem culpa? O espião, uma vez que é ele que controla e decide o quadro clínico do plantel treinado pelo nome de código, "Loira narcoléptica".
Quando o seu trabalho terminar na Luz (possivelmente no final da presente temporada), é ver o espião enfermeiro ir pelas trincheiras de volta ao seu bunker e ser condecorado pelo "Papa" e pelo seu "Coronel" e braço-direito, cujo nome de código (e profissão) é "Proxeneta".

5 Comments:

At 11/29/2005 09:17:00 da manhã, Blogger O pé que está mais à mão said...

Na mouche!

 
At 11/29/2005 10:52:00 da manhã, Blogger Francis said...

Épá, ganda teoria. E olha que até é capaz de fazer sentido.

 
At 11/29/2005 10:58:00 da manhã, Anonymous edu said...

bolas.... descobriram :)

 
At 11/29/2005 11:00:00 da manhã, Blogger Distribuidor de Fruta said...

O gajo estava a dar muito nas vistas :))

 
At 11/29/2005 12:20:00 da tarde, Anonymous edu said...

caro distribidor :) acredita que eu ja tinha pensado no mesmo :)

sou sincero... o gaijo parece que ta a fazer de proposito!!!

Tipo.. no primeiro ano o tipo é o heroi.. no segundo aparecem todos partidos. :)

Quanto ao jogo de ontem.. jogo de merda e um penaltie clarissimo para o Gil. acho que o empate era o resultado justo!!! O Gil tem um bela equipa!!

 

Enviar um comentário

<< Home