quinta-feira, dezembro 29, 2005

Telhados de vidro...

O caso
Fraude é uma palavra chata
Luís Filipe Vieira chamou fraude ao alegado boicote do FC Porto à utilização de Maciel e foi levado a sério, mas é preciso cuidado com o que se diz. Ontem, o Benfica pôs sob contrato um jogador que rescindiu unilateralmente o vínculo ao Setúbal dias antes da partida com aquele que, sabe-se agora, seria o seu novo clube. Nasceu primeiro o contrato ou a rescisão? Por respeito a Fonte, não tenho dúvidas de que foi a rescisão, mas (...) o que não se sabe faz-nos imaginar. Tendo em conta que chamou fraude a uma prática habitual no campeonato português, o que chamaria Vieira a isto se fosse o FC Porto a fazê-lo?
... mas atira pedras ao vizinho!!
Pois é: o novo paladino da justiça e da moralidade do futebol português (Vale e Azevedo versão remasterizada e refundida), voltou a cair em contradição... Mas como não é o PC, nem o FCP, não faz mal, nem há qualquer suspeita de fraude ou de vergonha!!
Está, no fundo, na linha do Cunha Leal ter sido o "melhor reforço do SLB" do ano passado...
É como digo: arguidos há muitos, mas condutas "criminosas" há muito mais.

5 Comments:

At 12/29/2005 12:23:00 da tarde, Blogger O pé que está mais à mão said...

Uma análise um bocadinho enviesada, ou não?

Relembro que houve vários jogadores do Setúbal a rescindir na mesma semana, e na semana anterior, e nem todos vão jogar para o Campeão Nacional.

 
At 12/29/2005 12:29:00 da tarde, Blogger Distribuidor de Fruta said...

Mais interressante que a opinião do Dourador neste processo seria saber quem foi o iluminado que escreveu isto...
Depois disso, sou capaz de comentar o post.

Porque este tipo de coisas pode-nos levar a falar de um Maniche, de um Manuel Fernandes ou, mais recentemente e com óptimos resultados, de um Sokota.
E já agora por falar em práticas ilicitas ou, pelo menos, duvidosas, queria perguntar ao senhor Dourador qual a opinião que ele tem sobre a contratação do Rogério para o Sporting e a forma como foi conduzida. Caso não saibas, foi prática constante no Sporting andar pelo Brasil a oferecer apoio jurídico a todos os jogadores que tivessem ordenados em atraso com o intuito de os trazer para cá.

 
At 12/29/2005 12:31:00 da tarde, Blogger Distribuidor de Fruta said...

Só mais um apontamento... o que vem hoje na comunicação social é que o Hélio Roque vai ser emprestado ao Setúbal em virtude da transferência do Fonte para a Luz.
Se o gajo tinha rescindido, para quê compensá-los com o empréstimo de um jogador.

Como podes concluir há muita coisa que desconheces em todo este processo, tal como o iluminado que escreveu o artigo que colocaste no post.

 
At 12/29/2005 12:49:00 da tarde, Blogger sexo na banheira è bom said...

Nòs emprestamos o Roque porque è Natal!!!!!!
fontes seguras informaram me que no problema dos salàrios do Vitòria ,na 1a vez o benfica quis pagar os salàrios(moeda de troca-jogadores) mas alguns membros da direcçao nao foram nisso, agora no estalar do verniz recuaram e aceitaram.(sò acredita quem quer)

 
At 12/29/2005 02:38:00 da tarde, Blogger Dourador de apitos said...

Tenham calma meus Amigos!! Ou acham que só vocês é que têm direito a criticar os outros clubes e a urdir teorias da conspiração??

Para mim, este "caso" vale tanto como o do Maciel, ou seja, nada.

No entanto, serve para demonstrar, que, dependendo do ponto de vista e das maquinações de cada um, "vergonhas" e "coisas menos claras" podem existir muitas, bem como que à "mulher de césar"...

 

Enviar um comentário

<< Home