terça-feira, outubro 31, 2006

Tranquilidade!

"Agora, como um jogador uma vez disse, tudo o que não nos mata, torna-nos mais fortes. É isso que temos de fazer amanhã, não estamos mortos, ninguém nos matou, seguramente estaremos mais fortes!" - Paulo Bento (30/10/2006)

Esse "jogador" chama-se Friedrich Nietzsche, é alemão, nasceu no século XIX (1844) e foi um dos maiores filósofos de sempre. "O Anticristo", a "Morte de Deus" e a buscar pelo "Super-Homem" foram alguns dos seus principais pensamentos.

Fica feita a emenda àquele que considero o melhor treinador em Portugal.

4 Comments:

At 10/31/2006 02:45:00 da tarde, Blogger falsolento said...

Muito bom!
Não conhecia essa pérola do "jogador", estes tipos da bola estão sempre a inovar :-)

 
At 10/31/2006 06:01:00 da tarde, Blogger meia distância said...

eu penso que o Friedrich ainda chegou a dar uns toques no dínamo local...

 
At 11/01/2006 09:01:00 da tarde, Blogger Mialgia de Esforço said...

Vá lá, não sejam maus. Se tivesse jogado à bola o Nietzsche tinha dado um grande ponta-de-lança. Se vivesse hoje, em vez do "Assim falava Zaratustra", quem sabe se não escrevia, antes, um "Assim fala a malta da bola"?

 
At 11/07/2006 01:58:00 da tarde, Blogger SIMBA said...

muito bom....

 

Enviar um comentário

<< Home