quinta-feira, novembro 02, 2006

processo disciplinar à vista


Continua a indisciplina na escola de samba em que se tornou o balneário azul e branco desde a chegada da trupe brasileira.
Desta vez foi Anderson, o menino prodígio, que preferiu ficar em casa com duas belas canadianas em vez de se deslocar à Alemanha para defrontar o Hamburgo.

Ai, so o lavrador de Palmela fosse o treinador...