quinta-feira, dezembro 21, 2006

simplesmente drogba

segunda-feira, dezembro 11, 2006

Eu, Carolina

Carolina Salgado afirmou que o presidente do F. C. Porto lhe pediu "para falar com as pessoas" e que terá pago cerca de 10.000 euros pelo serviço 

Carolina Salgado, antiga companheira do presidente do FC Porto, acusa Pinto da Costa de ter mandado dar uma "sova" em Ricardo Bexiga, vereador da Câmara Municipal de Gondomar, que, alegadamente, foi quem deu origem ao caso "Apito Dourado".

Em declarações à TSF, Carolina Salgado afirmou que Pinto da Costa lhe pediu "para falar com as pessoas" e que foi "o veículo de transmissão", tendo pago cerca de 10.000 euros pelo serviço, avançou hoje o jornal 24 Horas, recorrendo a excertos da biografia da antiga companheira do líder dos "dragões".

Segundo o jornal diário, as agressões a Ricardo Bexiga aconteceram a 25 de Janeiro de 2005, um dia depois Carolina Salgado deslocou-se ao escritório de Lourenço Pinto, outro dos implicados no "Apito Dourado", tendo ficado chocada quando percebeu que o objectivo não era uma simples coça.

"Fiquei chocada. Quando lá cheguei o doutor Lourenço Pinto disse: 'parabéns minha querida, mas ele ficou a falar'. O objectivo era muito mais do que isso", referiu Carolina Salgado à TSF, que assumiu que não se sente tranquila por ter estado envolvida neste caso e se mostrou preparada para assumir as consequências dos seus actos.

A estação de rádio entrou ainda em contacto com Ricardo Bexiga, que afirmou que estas revelações vão ser entregues ao Departamento de Investigação e Acção Penal do Porto e que mais importante do que saber quem foram os mandantes das agressões.

O vereador do Partido Socialista revelou ainda que há neste caso componentes políticas e desportivas que é preciso conhecer, sendo que já são do conhecimento do Ministério Público.

O livro de Carolina Salgado revela ainda que "os árbitros Martins dos Santos e Augusto Duarte, entre outros", iam a casa do casal frequentemente, onde "bebiam café e comiam chocolatinhos".

Entretanto, Pinto da Costa terá sido avisado das buscas a sua casa por Lourenço Pinto, tendo então sido delineado um plano para tirar o presidente do FC Porto do país, que envolveu a própria mãe de Carolina Salgado.

Caso Pinto da Costa tivesse ficado detido, a claque Super Dragões teria invadido o Tribunal de Gondomar e ajudado à fuga do presidente do clube, que só regressaria a Portugal quando as coisas estivessem mais calmas.

O jornal Record revela ainda que Pinto da Costa torceu contra Portugal no Euro2004, tendo ficado desiludido quando o inglês David Beckham falhou uma grande penalidade no encontro dos quartos-de-final no Estádio da Luz.

"Conheço casas onde o desaire (na final) foi festejado com a abertura de garrafas de champanhe. A minha, por exemplo", revela Carolina Salgado na biografia, num trecho transcrito pelo jornal desportivo.

quarta-feira, dezembro 06, 2006

Não está a ser uma semana nada fácil... e ainda não acabou.

terça-feira, dezembro 05, 2006

imagem eterna




foi tirada 6ª feira...

mas podia ser hoje.

Gato Fedorento - Paulo Bento depois do jogo Sporting Benfica

Ridículo...